Conceito Trail Running

Entende a ATRP – Associação de Trail Running de Portugal que a abordagem deve ser abrangente e não restritiva. Desta forma o conceito adotado para as provas de Trail Running é o seguinte:

Corrida pedestre em Natureza, com o mínimo de percurso pavimentado/alcatroado, que não deverá exceder 10% do percurso total, em vários ambientes (serra, montanha, alta montanha, planície, etc) e terrenos (estradão, caminho florestal, trilho, single track, etc), idealmente – mas não obrigatoriamente – em semi ou auto-suficiência, a realizar de dia ou durante a noite, em percurso devidamente balizado e marcado e em respeito pela ética desportiva, lealdade, solidariedade e pelo meio ambiente.

Categorização Por distância

Entende a ATRP que nos deveremos posicionar de acordo com que é mais aceite internacionalmente. Desta forma teremos então:

1. Trail

Trail Curto: até 21,0975Km (até distância de meia maratona)

TRAIL_CURTO

Trail Longo: de 21,0975Km até 42,195Km (de distância de meia maratona até distância de maratona)

TRAIL_LONGO

2. Trail Ultra

Constituído por provas acima de 42,195 Km (acima de distância de maratona)

De acordo com a classificação da ITRA – International Trail Running Association, as distâncias acima dos 42,195 Km deverão ser categorizadas da seguinte forma:

Trail Ultra Médio: de 42 a 69 km

TRAIL_ULTRA_M

Trail Ultra Longo: de 70 a 99 km

TRAIL_ULTRA_L

Trail Ultra XL: mais de 100 km

TRAIL_ULTRA_XL

Nota: No caso de uma prova por etapas, considera-se a prova como sendo de uma dada categoria do Trail Ultra, se pelo menos uma das etapas cumprir esse requisito. Caso contrário será considerada uma prova de Trail.

Categorização Por Grau Dificuldade

Um dos objetivos da ATRP é melhorar o nível de informação prestado aos atletas participantes em provas de Trail. Nesse sentido iremos introduzir um grau de classificação que permita de forma simples, e através de letras, identificar a natureza de cada prova em particular.

Um critério completo deveria ter em conta os 3 aspetos fundamentais que permitem avaliar do grau de dificuldade de uma prova de Trail:

Distância

Desnível (expresso em função da distância)

Tecnicidade do terreno

Tendo contudo em conta que o último critério tem um elevado grau de subjectividade e que ainda há poucas provas que disponibilizem dados sobre a % de terreno técnico do percurso total, optámos por basear esta categorização apenas nos 2 primeiros critérios, sendo que em relação ao segundo, optámos pelo desnível positivo como indicador fiável de dificuldade.

A aplicação desta categorização tem apenas objectivos informativos e não terá ligação directa com o sistema de pontuação dos Circuitos Nacionais de Trail.

O sistema de categorização explicado

Critérios

1. Distância

Trail:

Trail Curto – TC: até 21,0975 Km (até distância de meia maratona)
Trail Longo – TL: de 21,0975 Km até 42,195 Km (de meia maratona a maratona)

Trail Ultra:

Trail Ultra Médio:  de 42,195 Km a 69 Km
Trail Ultra Longo:  de 70 Km a 99 Km
Trail Ultra XL:  mais de 100 Km

 

2. Desnível positivo acumulado versus distância total

Rácio: (D+acum/Distância em metros) x 100

Até 3: Grau 1

GRAU_1

Entre 3 e 5: Grau 2

GRAU_2

Entre 5 e 7: Grau 3

GRAU_3

Maior que 7: Grau 4

GRAU_4

Nota: No caso de uma prova por etapas, calcula-se o grau de dificuldade considerando o somatório da distância e do desnível positivo acumulado nas várias etapas.

 

Campeonatos Nacionais 2017



PROZIS CAMPEONATO NACIONAL DE ULTRA ENDURANCE

PROZIS CAMPEONATO NACIONAL DE ULTRA ENDURANCE
 Nome da ProvaDataDistanciaD+SerieRácioGrau
1Ultra Trail Sicó25/02/20171110003207Series1502,91
2Compressport UTM24/03/20171040006000Series1005,83
3MIUT® - Madeira Island Ultra Trail (MIUT115)22/04/20171150007100Series1506,23
4Estrela Grande Trail20/05/20171000006000Series1506,03
5Ultra Trail São Mamede20/05/20171000003500Series1003,52
6OH MEU DEUS - Ultra Trail Serra da Estrela 10010/06/20171060005689Series1005,43
7Ultra Trail Serra da Freita24/06/20171000006100Series1506,13
8Triangle Azores06/10/20171030006800Series1506,63
9EstrelAçor Ultra Trail06/10/20171000004466Series1004,52
10UTAX - Ultra Trail Aldeias do Xisto21/10/20171120006045Series1505,53

PROZIS CAMPEONATO NACIONAL DE ULTRA TRAIL

PROZIS CAMPEONATO NACIONAL DE ULTRA TRAIL
 Nome da ProvaDataDistancia (m)D+SerieRácioGrau
1Trilhos dos Reis15/01/2017440002100Series1504,82
2Trilhos dos Abutres28/01/2017500002700Series1505,43
3Ultra Trail Porto Moniz05/02/2017470003100Series1006,63
4STUT - Santo Thyrso Ultra Trilhos12/02/2017500002500Series1005,03
5Columbus Ultra Trail25/02/2017760003400Series1004,52
6Ultra Trail Sicó25/02/2017500001745Series1003,52
7Territorio Centro Vila de Rei11/03/2017500002200Series1504,42
8Ultra Trail Paleozóico19/03/2017480002500Series1505,23
9Compressport UTM24/03/2017490002600Series1005,33
10Ultra Trail Piódão01/04/2017500002818Series1505,63
11MIUT® - Madeira Island Ultra Trail22/04/2017850004000Series1002,91
12Ultra Trail Geira Romana30/04/2017500001100Series1502,21
13Ultra Trail Cerveira06/05/2017500003100Series1506,23
14Estrela Grande Trail20/05/2017460002200Series1004,82
15Ultra Trail São Mamede20/05/2017600002500Series1004,22
16Azores Ultra Trail27/05/2017480002303Series1504,82
17Melgaço Alvarinho TRAIL21/05/2017480002340Series1005,23
18Ultra Trail de Sesimbra04/06/2017600002500Series1504,22
19OH MEU DEUS - Ultra Trail Serra da Estrela10/06/2017700003480Series1005,03
20Ecological Trail Azores17/06/2017500002000Series1504,02
21Louzantrail18/06/2017500004100Series1508,24
22Ultra Trail Serra da Freita24/06/2017650003800Series1005,83
23Ultra Trail Porto da Cruz Natura23/07/2017480002700Series1505,63
24UTRP - Ultra Trilhos Rocha da Pena13/08/2017500002260Series1504,52
25GTSA - Grande Trail Serra D'Arga23/09/2017530003000Series1505,73
26Triangle Azores - Trail dos Vulcões08/10/2017430002200Series1005,13
27EstrelAçor08/10/2017430001495Series1003,52
28Douro Ultra Trail08/10/2017800004500Series1005,63
29UTAX - Ultra Trail Aldeias do Xisto21/10/2017500002600Series1005,23
30Ultra Trail Serra de Grândola05/11/2017500002000Series1004,02
31Trail do Zêzere11/11/2017700003180Series1004,52
32Ultra Trail Sidónios (Amigos da Montanha)19/11/2017690003000Series1504,82

PROZIS CAMPEONATO NACIONAL DE TRAIL

PROZIS CAMPEONATO NACIONAL DE TRAIL
ZONA Nome da ProvaDataDistanciaD+SerieRácioGrau
Sul1Trilhos dos Reis15/01/201724000800Series1003,32
Centro2Trilhos dos Abutres28/01/2017300001420Series1004,72
Madeira3Trail Porto Moniz05/02/2017250001700Series1006,83
Centro4Poiares Trail12/02/2017320001300Series1504,12
Norte5STUT - Santo Thyrso Ultra Trilhos12/02/2017280001100Series1003,92
Açores6Columbus Trail25/02/2017410001985Series1504,82
Centro7Trail Sicó25/02/201725000700Series1002,81
Norte9Fafe Trail05/03/2017260001100Series1504,22
Centro8Territorio Centro Vila de Rei11/03/2017230001123Series1004,92
Norte10Trail Paleozóico19/03/2017230001050Series1004,62
Norte11Compressport UTM24/03/201723000750Series1003,32
Centro12Trail Piódão01/04/2017250001500Series1006,03
Madeira14MIUT® - Madeira Island Ultra Trail22/04/2017420001200Series1002,92
Sul15Trail Ossónoba30/04/2017300001000Series1503,32
Norte16Trail Geira Romana30/04/201720000400Series1002,01
Norte17Trail Cerveira06/05/2017220001500Series1006,83
Madeira13Trail do Curral das Freiras14/05/2017210001700Series1508,13
Centro18Estrela Grande Trail20/05/2017260001300Series1005,03
Sul19Trail São Mamede20/05/201725000650Series1002,61
Norte22Melgaço Alvarinho TRAIL21/05/2017260001140Series1004,42
Açores20Azores Ultra Trail27/05/201722000550Series1002,51
Norte21Trail da Raposa27/05/2017330001400Series1504,22
Sul23Trail de Sesimbra04/06/2017210001200Series1005,73
Centro24OH MEU DEUS - Ultra Trail Serra da Estrela10/06/2017230001022Series1004,42
Açores25Ecological Trail Azores17/06/2017230001100Series1504,82
Centro26Louzantrail18/06/2017250002000Series1008,04
Centro27Trail Serra da Freita24/06/2017250001100Series1004,42
Madeira28Trail Porto da Cruz Natura23/07/2017230001400Series1506,13
Norte29Trail Santa Justa30/07/2017300001500Series1505,03
Sul30UTRP - Ultra Trilhos Rocha da Pena13/08/2017250001020Series1004,12
Centro31Trilhos Noturnos Lagoa de Óbidos12/08/201730000650Series1502,22
Sul32Trail do Sôr10/09/2017350001100Series1503,12
Norte33GTSA - Grande Trail Serra D'Arga23/09/2017330001200Series1003,62
Centro34Trilho das Dores24/09/2017350001000Series1502,91
Centro36EstrelAçor 06/10/201722000801Series1003,62
Açores38Triangle Azores - Da Vinha à Montanha07/10/2017300002300Series1007,74
Açores37Triangle Azores - Trail das Fajãs 08/10/2017380002000Series1505,33
Norte38Douro Ultra Trail08/10/2017250001400Series1005,63
Centro39UTAX - Trail do Xisto21/10/2017220001000Series1004,52
Sul40Dura Trail28/10/2017380001100Series1502,91
Sul41Trail Serra de Grândola05/11/2017250001100Series1004,42
Centro42Trail do Zêzere11/11/2017350001430Series1004,12
Norte43Trail Longo CAM-CN (Amigos da MontanhaS)19/11/2017320001100Series1003,42
Por Zona
Norte12
Centro14
Sul8
Madeira4
Açores5
Nota:
Todas estas provas pontuam igualmente para as séries regionais
As distâncias e altimetrias podem ter variações impostas por condições climatericas adversas ou por questões de segurança.
A ATRP reserva-se no direito de retirar dos campeonatos nacionais as provas que não respeitem os requisites e termos de responsabilidade subscritos pelos organizadores.

Regulamento Campeonatos Nacionais 2017

 

Organização

Os Campeonatos Nacionais de Trail, de Ultra Trail, de Ultra Endurance e a Taça de Portugal de Trail são uma iniciativa conjunta da Associação de Trail Running de Portugal – ATRP e das diversas entidades que organizam cada uma das competições que os integram.

 

Participação

Admite-se a participação de qualquer atleta de nacionalidade Portuguesa, sem distinção de sexo, dentro dos escalões etários abaixo definidos e que detenham uma preparação física adequada a esforços prolongados, desde que associados da ATRP com quota anual paga.

A ATRP não se responsabiliza portanto pela condição física dos atletas, que deve ser atestada pelos mesmos através dos meios médicos adequados, ou por qualquer acidente ou dano sofrido antes, durante ou após a realização das provas que integram os Campeonatos ou Taça de Portugal de Trail. Apesar de cada uma das provas acima referidas estar coberta por seguro desportivo, a ATRP aconselha os atletas participantes a subscreverem o seguro individual desportivo disponibilizado pela ATRP, e adequado à prática da modalidade de Trail Running.

Consideram-se concorrentes aos Campeonatos Nacionais de Trail, de Ultra Trail, de Ultra Endurance e à Taça de Portugal de Trail, todo o atleta ou equipa que se classifique nas provas que integram esta iniciativa, desde que o atleta seja associado da ATRP, a equipa seja representada por atletas associados da ATRP, e também ela própria associada e devidamente registada com o nome do seu responsável, sendo que no caso das equipas que não pertençam a Clubes ou Associações Desportivas com personalidade jurídica própria, o número de contribuinte a indicar no ato de registo, deverá ser o do responsável nomeado. Caso o atleta se inscreva em representação de uma equipa que não é associada da ATRP será classificado nos Campeonatos como atleta individual. Após o início dos Campeonatos não será possível a um atleta mudar de equipa durante a época desportiva em curso.

Escalões

Masculinos

 

M Júnior A – 15 a 16 anos (até 15 km)

M Júnior B – 17 a 18 anos (até 25 km)

M Sub 23 –  19 a 22 anos

M Seniores –  23 a 39 anos

M40 –  40 a 44 anos

M45 –  45 a 49 anos

M50 –  50 a 54 anos

M55 –  55 a 59 anos

M60 –  mais de 60 anos

Femininos

 

F Júnior A – 15 a 16 anos (até 15 km)

F Júnior B – 17 a 18 anos (até 25 km)

F Sub 23 – 19 a 22 anos

F Seniores – 23 a 39 anos

F40 –  40 a 44 anos

F45 –  45 a 49 anos

F50 –  50 a 54 anos

F55 –  55 a 59 anos

F60 –  mais de 60 anos

 

Nota: Para efeito de classificação e pontuação dos atletas nos escalões será considerado o ano de nascimento do atleta, ou seja considera-se a idade que o atleta terá a 31 de Dezembro da corrente época competitiva. Ex: Um atleta que faz 40 anos em 31 de Dezembro, será classificado no escalão M40 durante todo o Campeonato.

 

Pontuação

Por prova serão atribuídos pontos pela Classificação Geral Masculina e Feminina, Equipas, e Escalões em cada um dos escalões anteriormente indicados.

A cada atleta finalizador de cada prova, dos Campeonatos Nacionais ATRP, é atribuído um número de pontos obtidos com base no tempo despendido segundo a seguinte fórmula:

  • Series150: Tempo Vencedor / Tempo Atleta x 150
  • Series100: Tempo Vencedor / Tempo Atleta x 100

Um bónus adicional de pontos é atribuído ao “Top20” em cada corrida, segundo a tabela de Pontuação pela Competitividade:

Pontuação pela Competitividade
Classificação Bónus Classificação Bónus
70 11º 28
60 12º 26
55 13º 24
50 14º 22
45 15º 20
42 16º 19
39 17º 18
36 18º 17
33 19º 16
10º 30 20º 15

 

 

Exemplo para uma prova de “Series150”

 

Pontuação Total = Pontuação Tempo + Pontuação Competitividade
Class. Atletas Tempo Final Tempo Vencedor /
Tempo Atleta
Pontos
Tempo
Pontos
Competitividade
TOTAL
A 15:21:35 1,000 150 70 220
B 15:30:28 0,990 149 60 209
C 15:37:24 0,983 147 55 202
D 15:41:52 0,978 147 50 197
E 15:48:14 0,972 146 45 191
F 15:54:49 0,965 145 42 187
G 15:55:11 0,965 145 39 184
H 15:59:14 0,961 144 36 180
I 16:04:15 0,956 143 33 176
10º J 16:18:21 0,942 141 30 171
11º K 16:20:11 0,940 141 28 169
12º L 16:22:21 0,938 141 26 167
13º M 16:23:31 0,937 141 24 165
14º N 16:28:28 0,932 140 22 162
15º P 16:28:31 0,932 140 20 160
16º Q 16:32:30 0,929 139 19 158
17º R 16:38:31 0,923 138 18 156
18º S 16:44:31 0,917 138 17 155
19º T 16:48:31 0,914 137 16 153
20º U 16:50:31 0,912 137 15 152

 

Tabela de classificação por equipas

Series150
15 6
13 5
11 4
9 10º 3
8 11º 2
7 12º e seguintes 1
Series100
13 6
11 5
10 4
9 10º 3
8 11º 2
7 12º e seguintes 1

 

Nota: A partir da equipa classificada em 12º lugar, todas as equipas serão pontuadas com 1 ponto.

 

Apenas são elegíveis para a classificação coletiva, as equipas que sejam associadas da ATRP, devidamente registadas com nome do responsável e nº de contribuinte. No caso das equipas que não pertençam a Clubes ou Associações Desportivas com personalidade jurídica própria, o número de contribuinte a indicar no ato de registo deverá ser o do responsável nomeado.

A classificação coletiva determina-se em dois passos: Primeiro, e com base na classificação geral absoluta (sem distinção de escalão ou sexo),  somam-se os lugares dos 3 primeiros classificados de cada equipa. Em caso de empate declara-se vencedora a equipa que em primeiro lugar feche a classificação colectiva. Seguidamente ordenam-se as equipas por ordem crescente de pontos obtidos na operação anterior, após o que se aplica a tabela de pontuação acima descrita para as Equipas.

Exemplo:

  • Equipa A: 5º + 6º + 7º = 18 => 1º lugar (15 pontos)
  • Equipa B: 3º + 4º + 12º = 19 => 2º lugar (13 pontos)
  • Equipa C: 1º + 2º + 17º = 20 => 3º lugar (11 pontos)
Na classificação por equipas serão consideradas as que atingirem o seguinte número de provas:

Campeonato de Ultra Trail Endurance

4, sendo considerados para pontuação final os 4 melhores resultados (mínimo 1 “series100”)

Campeonato Ultra Trail
6, sendo considerados para pontuação final os 6 melhores resultados (mínimo 2 “series100”)
 
Campeonato Trail
10, sendo considerados os 10 melhores resultados (mínimo participação em 3 zonas nacionais).

 

Pedidos de Correção

Os resultados provisórios da classificação geral absoluta ATRP de cada prova, serão publicados pelo Organizador do evento no seu site ou página e também no site da ATRP, logo após terminada a prova, e será dado um prazo de 2 semanas após a sua publicação, para que os participantes dirijam ao próprio Organizador, os seus pedidos de correção, o qual analisará e dará seguimento a esses pedidos. Passado este período, a ATRP publicará e homologará os resultados definitivos da prova: Geral absoluta, escalões e equipas.

Classificação Final

Para a classificação final – Geral e Escalões – nos Campeonatos Nacionais de Ultra Endurance e Ultra Trail as provas estão divididas em “Series150” e “Series100”.

Nas provas “Series150” a pontuação de partida será de 150 pontos para o vencedor, enquanto nas provas “Series100” a pontuação de partida será 100 pontos.

Para a classificação final no Campeonato Nacional de Trail todas as provas são “Series150”, pontuação de partida será de 150 pontos para o vencedor. As provas integradas nos Campeonatos Ultra Endurance e Ultra Trail com distância pontuável para o campeonato de Trail terão uma pontuação de “Series100”.

Para a classificação final nas Series Trail de Zona (Norte, Centro, Sul, Madeira e Açores) todas as provas são “Series100”, pontuação de partida será de 100 pontos para o atleta vencedor inscrito na respetiva zona.

Em todos os Campeonatos, na Geral e Escalões um bónus adicional de pontos é atribuído ao “Top20” de cada corrida.

Os atletas para serem “Finalizadores” dos Campeonatos deverão realizar:

Series Trail de Zona (Séries de apuramento para Taça de Portugal) – 6 provas.

Campeonato Nacional de Trail – 6 provas.

Campeonato Nacional de Ultra Trail – 4 provas.

Campeonato Nacional Ultra Endurance – 2 provas.

Nota: O título de “finalizador” só será atribuído nos campeonatos nacionais.

Séries de apuramento para Taça de Portugal de Trail – Séries Trail Norte, Centro, Sul, Madeira e Açores

A pontuação das séries de Trail (Norte, Centro, Sul, Madeira e Açores) será obtida pela soma das 6 melhores classificações das provas realizadas na zona sede do clube registada na ATRP ou no caso de atletas individuais, na zona de residência (registada na ATRP) do atleta.
Haverá uma classificação por equipas/região. Na tabela individual os 10 primeiros da geral M e F, de cada zona serão apurados para a prova Final que atribuirá o título Taça de Portugal.

Campeonato Nacional de Trail

A pontuação do Campeonato Nacional de Trail será obtida pela soma das 6 melhores classificações, contando no máximo 2 por região (Zona).

Campeonato Nacional de Ultra Trail

A pontuação do Campeonato Nacional de Ultra Trail será obtida pela soma das 4 melhores classificações.

Campeonato Nacional de Ultra Endurance

A pontuação do Campeonato Nacional de Ultra Endurance será obtida pela soma das 2 melhores classificações.

 

Taça de Portugal de Trail

Disputarão a Taça de Portugal os 10 primeiros atletas de cada zona (masculinos e femininos) com os 10 primeiros classificados (M/F) do Campeonato Nacional de Trail. Esta prova realizar-se-á exclusivamente para esse efeito, no mês de Dezembro de 2017 em local e dia a anunciar.

Taça de Portugal de Ultra Trail

Será nomeada uma prova como Taça de Portugal de Ultra Trail, prova que para além de atribuir o título em disputa, selecionará o vencedor masculino e feminino como representante da Seleção Nacional nos Campeonatos do mundo de Ultra Trail.

Taça de Portugal de Ultra Endurance

Será nomeada uma prova como Taça de Portugal de Ultra Endurance, prova que para além de atribuir o título em disputa, selecionará o vencedor masculino e feminino como representante da Seleção Nacional nos Campeonatos do mundo de Ultra Trail.

 

Cerimónia de Entrega de Troféus ATRP

A cerimónia de entrega de troféus será realizada no final da época no mesmo dia da prova que atribui a Taça de Portugal de Trail.

Representação nos Campeonatos do Mundo de Ultra Trail 2018

Serão elegíveis os vencedores masculino e feminino da classificação Geral dos Campeonatos Nacionais de Ultra Endurance, de Ultra Trail, e os vencedores masculino e feminino da classificação Geral da Taça de Portugal de Ultra Endurance e da Taça de Portugal de Ultra Trail .

Nota: No caso de um mesmo atleta ser declarado vencedor de mais do que uma das competições será necessário eleger adicionalmente outro ou outros atletas para que se cumpra o objetivo de assegurar 8 atletas (4 masculinos e 4 femininos) como representantes portugueses nos referidos Campeonatos do Mundo, que será feito pelo imediatamente classificado nas provas ou campeonato respectivos de apuramento.

Critérios de desempate

Classificação Geral e por Escalões:

  1. Pela soma das classificações (1º, 2º, 3º, etc.), dos atletas empatados, nas competições onde foram obtidas as pontuações;
  2. Se após o critério anterior se se mantiver o empate, o desempate é feito pela média das pontuações do ranking ITRA do Top10 dos atletas finalizadores nas competições onde foram obtidas as pontuações.

Equipas:

  1. Melhor classificação obtida após contabilizadas as obrigatórias e assim sucessivamente até ser desfeito o empate
  2. Maior número de provas realizadas no Campeonato
  3. Equipa com maior número de associados ATRP

 

Prémios

  • Troféus aos 3 primeiros classificados da classificação final de cada Campeonato Nacional: Geral Masculina e Feminina, Escalões e Equipas.
  • Prémio “Finalizador” a definir em cada época para todos os atletas classificados, que tenham realizado o número de provas exigido em cada Campeonato Nacional.

Nota: A cerimónia de entrega de prémios dos Campeonatos Nacionais e da Taça de Portugal, terá lugar, na cerimónia acima descrita. Todos os outros prémios referentes a este evento serão entregues na cerimónia acima referida. A ausência dos premiados, ou de um seu representante na referida cerimónia, entende-se como renúncia ao prémio/s a que têm direito.

Alterações

À ATRP reserva-se o direito de proceder às alterações que considere convenientes no formato e composição dos Campeonatos Nacionais, obrigando-se a comunicação pelos meios habituais com o público em geral e com os seus associados.

Comunicação

Consideram-se como meios oficiais de comunicação e informação sobre os Campeonatos Nacionais de Trail Running, o site da ATRP – Associação de Trail Running de Portugal e o Portal do Atleta e do Organizador, myatrp.pt. Os atletas devem consultar periodicamente o site e o Portal para se manterem actualizados sobre possíveis alterações aos Campeonatos e respetivo regulamento.